Raphael Thuin é o novo comendador

postado em: Notícias | 0

Ex-atleta vitorioso nas piscinas, Raphael Thuin vai cada vez mais se consagrando também fora d’água. Ele será condecorado com a Soberana Ordem do Mérito do Empreendedor Juscelino Kubitschek, no grau Comendador, hoje, às 18h, no salão nobre do Palácio Pedro Ernesto, no Rio de Janeiro. A condecoração é a mais alta da Academia Brasileira de Honrarias ao Mérito, mantida pelo Centro de Integração Cultural e Empresarial de São Paulo.

O campista Raphael Thuin foi um dos mais brilhantes nadadores de sua geração. Ele conquistou inúmeros títulos para a natação brasileira como, por exemplo, quatro vezes campeão mundial, em Copas do Mundo realizados nos EUA, Canadá, Brasil e China, (três nos 50m borboleta e 1 nos 50m livres), 15 vezes campeão brasileiro e 29 vezes campeão estadual. Ele se aposentou das piscinas em 2009. Há dois anos, o ex-nadador, que defendeu as cores do Flamengo por 22 anos, foi eternizado na calçada da fama do clube.

A honraria que Raphael receberá será também em função dos diversos trabalhos sociais que o ex-nadador desenvolveu ao longo de toda sua carreira, como o Meninos do Amanhã, realizado entre 2002 e 2004, projeto sócio-educativo e esportivo voltado para aulas de natação feito com cerca de 1.200 crianças em Campos, na época que Arnaldo Viana era prefeito do município.

Atualmente, Raphael, que é subsecretário de Esportes de Rio das Ostras e está morando no município, desenvolve projetos com foco nos esportes paraolímpicos no município, com a criação de um departamento de paraesportes na Prefeitura e a promoção de competições, como a Copa Brasil de Paraciclismo. Ele também é Embaixador da Special Olympics Brasil, a maior entidade voltada para pessoas com deficiência no mundo.

—O prêmio foi decorrente não só pelos títulos dentro das piscinas, mas também pelos projetos sociais que desenvolvo principalmente para as pessoas com deficiência. Foi uma surpresa, eu receber essa honraria, mas estou muito feliz de recebê-lo na Câmara de Vereadores, do Rio de Janeiro, principalmente por que eu sou uma pessoa que vem do interior do Estado e mesmo hoje morando em Rio das Ostras só tenho a agradecer a Campos por ser a cidade onde eu comecei com minha carreira e também ao jornal Folha da Manhã, que em todos esses anos sempre me apoiou e também sempre esteve presente junto com minha família durante todo esse tempo — disse Raphael.

Deixe uma resposta